domingo, 24 de agosto de 2008

No país das esplanadas...

Esplanada junto ao mar, em Dubrovnik (Croácia)

Comecemos pelos faits divers: nunca vi um país com tanta esplanada como a Croácia, em que ao virar de cada esquina, ou numa curva banhada pelo mar, nos surge uma, magnífica, onde em vez das costumeiras cadeiras de plástico brancas ou de alumínio que por cá povoam este tipo de espaços, preguiçamos em bonitos sofás e cadeiras de verga estofadas, bem ao gosto europeu. A ver quem passa, a gozar do sol e do tempo ameno de um Agosto sem vento, contrário ao nosso que, pela proximidade do Atlântico, está presente todos os dias…

Continuando nos faits divers, diria que a Croácia é também o paraíso dos fumadores. Agora que por cá é proibido fumar em lugares fechados, parece que recuei no tempo. A sensação de que fumar é prática de quase todos os cidadãos adultos foi algo que me impressionou, pela quantidade: até parecia que o Estado incentivava para que se fumasse…!!

Mas deixemo-nos de pormenores e vamos ao essencial: país europeu, dos Balcãs, tem como vizinhos a norte a Eslovénia e Hungria, a nordeste a Sérvia, a leste a Bósnia e Herzegovina e a sul o Montenegro. Com uma história de dependência e subjugação a outros Estados, partilhou o martírio da II Guerra Mundial, com a perseguição a judeus, sérvios, ciganos e outras gentes. Saída da manta de retalhos em que se transformou a antiga Jugoslávia de Tito, e após reconhecida a independência em 1992, sobreveio à guerra civil que aqui durou de 1991 a 1995, e é agora país candidato à União Europeia. Com uma economia tendencialmente assente no turismo, a Croácia cativa pelas paisagens magníficas de uma costa com mais de 1000 ilhas (fazendo lembrar a costa grega, com as suas vilas brancas), banhada pelo Adriático, de águas calmas, mornas e transparentes. Sem areia, praticamente, mas sempre com uma grande utilização destes espaços a que chamam ”praia”…

Mas não só a costa croata é digna de referência. Com oito parques nacionais, dos quais se destaca o Parque Nacional de Plitvice, património mundial classificado pela UNESCO, e outros seis sítios também “abençoados” por esta classificação, de que refiro o núcleo histórico de Split, com o Palácio de Diocleciano, e a cidade antiga de Dubrovnik, a Croácia tem muitos pontos de interesse. Para não falar da hospitalidade das pessoas, rosto de um país e um conforto para quem chega.

Nesta minha viagem tive ainda oportunidade para uma incursão pela Eslovénia, até Lijubliana e, imagine-se, até à… Bósnia!... A primeira já esperada, etapa prevista no delinear deste percurso. Cidade bonita, acatitada, bem estruturada, com um centro histórico calmo e bem preservado, país já comunitário, transpira um certo bem-estar. Devo dizer que comunga também do mesmo apetite pelas esplanadas, que ao longo do rio, cujo nome desconheço, proliferam. A Bósnia, foi uma surpresa…! Pouco antes de Dubrovnik, no sul da Croácia, e enquanto procurava sítio onde dormir, eis senão quando a divisão administrativa deste país me prega uma partida e surge uma fronteira, com guardas e tudo e, quando menos esperava, estou no terceiro país do que assim se pode chamar a minha pequenina ronda pelos Balcãs…! Uma pequena localidade à beira-mar, Neum, em tudo semelhante às vizinhas, pois então! O país é interrompido, surge um pedacinho de Bósnia-Herzegovina, e é retomado uns quilómetros adiante, para terminar pouco mais à frente… assim como que uma porta estreita para que os bósnios possam ir até à praia… Enfim, peculiaridades do delimitar de fronteiras!

De regresso a casa, fica a lembrança de uns dias à descoberta de novos horizontes, de uns banhos em águas transparentes e de paisagens idílicas, daquelas que só imaginamos lá para os lados do Pacífico e que, afinal, encontramos em plena Europa…

Fotografias da Croácia

8 comentários:

BlueVelvet disse...

Tenho privilégio de também conhecer a Croácia. Foi dos países que visitei que mais gostei, e olha que conheço muitos.
Só não me lembro desse pormenor dos cigarros.
Estiveste em Korkula?
É linda também.
As fotografias estão fantásticas.
Veludinhos azuis e boa semana

Alexandre disse...

Que fantástico, Paula, e que fotos soberbas, fiquei com uma vontade tremenda de visitar a Croácia!

Muitos beijinhos!!!

LB disse...

Esplanadas como as que (tão bem) descreve... banhos em águas transparentes... paisagens idílicas... pronto, tenho que lá ir!
Ah e a foto-reportagem... uma maravilha!

Luís disse...

bonita reportagem.

há mais de vinte anos atravessei a ainda Jugoslávia, para ir à Grécia (inter-rail), mas praticamente não conheci o país...

abraço Paula

(luis eme)

Paula Crespo disse...

Bluvelvet,
Em Korkula não. Tinha pensado nisso mas depois a rota desviou-se... Mas fui a outras ilhas (Krk, Rab...)
Bjs

Paula Crespo disse...

Alexandre,
Obrigada...! É mesmo um país muito bonito.
Bjs

Paula Crespo disse...

Lb,
Tem mesmo. Aposto que ia gostar!
Maravilha!?... ;)
Bjs

Paula Crespo disse...

Luís,
Pois nessa altura houve muita gente de cá que viajou até lá... Era barato e, pelo menos para quem fez o inter-rail, fazia parte dos percursos.
Bjs