quarta-feira, 14 de maio de 2008

Mucha

Às voltas com fotografias antigas e memórias de viagens, encontrei os vestígios de uma ida ao Museu de Alfons Mucha, em Praga.
Aqui fica uma pequena homenagem a um artista de que gosto.

Alfons Maria Mucha (Ivancice, 24 de Julho de 1860 — Praga, 14 de Julho de 1939) foi um ilustrador e designer gráfico checo e um dos principais expoentes do movimento Art Nouveau. Entre seus trabalhos mais conhecidos estão os cartazes para os espetáculos de Sarah Bernhardt realizados na França de 1894 a 1900 e uma série chamada Épicos Eslavos entre 1912 e 1930. (fonte: Wikipedia)

Da sua incursão pela fotografia deixo aqui uma janela, para espreitar...











20 comentários:

mariam disse...

que bonito... adorei!
obrigada.

um sorriso :)

Miguel disse...

Olá Paula,
...a exuberância da curva natural...curioso, penso que existe uma aproximação recente aos anos 20.

Beijo.

Jorge P.G disse...

Curiosamente, já publiquei um trabalho sobre Mucha no Sino da Aldeia (publ.498 de 11-11-2007), integrado num artigo mais vasto sobre as pin-ups.

Um museu que vale a pena visitar, numa cidade com uma belíssima zona histórica.

Saudações.

Oliver Pickwick disse...

Desenhista fantástico! Neste segmento o considero um dos melhores do mundo.
Aprecio os seus gostos, jovem mãe ;)
Um beijo!

Paula Crespo disse...

mariam,
É, não é??
Sorriso retibuído... ;)
Bom fim-de-semana!

Paula Crespo disse...

Miguel,
Obrigada pela sua visita e volte sempre!
Exuberante, de facto.
A arte do início do séc. XX foi, como diz, muito inovadora e, para mim, continua a ter contornos de modernidade que me agradam.
Bom fim-de-semana!

Paula Crespo disse...

Jorge,
Praga é uma cidade muito bonita, de facto, e o museu vale a pena (aliás, tudo vale a pena, em Praga!...)
Um bom fim-de-semana!

Paula Crespo disse...

Oliver,
Estamos então de acordo, uma vez mais! ;)
Beijos e bom fim-de-semana!

LB disse...

Ah voltou!
Uma imperdoável falha não conhecer a cidade das cem cúpulas... Pelo que tenho visto, ouvido e lido, e que aqui confirmo, tenho que a colmatar!

Um beijo

Paula Crespo disse...

Lb,
Pensava que se tinha visto livre de mim?!... ;))Pois voltei... de mansinho...
Beijo e bom fim-de-semana!

Ka disse...

Finalmente de volta :)

Estas imagens já as conhecia mas confesso que não sabia de quem eram.

E Praga, uma cidade onde nunca pus os pés mas tenho a certeza que vou gostar.

Beijos e bom fim-de-semana

Paula Crespo disse...

Ka,
Pois, vou voltando... ;)
bjs

Luis Eme disse...

excelente incursão, Paula...

abraço

Luís Galego disse...

Nenhum amante da arte fica indiferente a Alphonse Mucha . Quem é que nunca se sentiu envolvido pela Belle Epoque? A Belle Epoque foi, acima de tudo, um estado de espírito que dominou o mundo, a partir da França, do final do século XIX até a eclosão da Primeira Grande Guerra, em 1914.E, por incrível que pareça, até hoje fascina investigadores ou simples observadores, porque estamos perante uma fonte inesgotável de memória artística e urbana.

Renata Cordeiro disse...

Adoro Mucha! Tenho dois livros meus com capas de Mucha. É claro que fui eu quem escolhi.
Que blog mais lindo.
Visite o meu:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata

Paula Crespo disse...

luis eme,
Obrigada ;)
Boa semana!

Paula Crespo disse...

Luís Galego,
Concordo. É uma arte muito expressiva, muito decorativa, no virar do século.
Bjs

Paula Crespo disse...

Renata,
Obrigada pela sua visita. Volte sempre! ;)
Já entrei no seu blogue mas ainda não tive oportunidade de ler com cuidado. Não vou tardar! ;)
Boa semana!

Capitão-Mor disse...

Espectacular! São estas memórias que valem a pena no exercício de viajar...


Uma boa semana por aí!

Paula Crespo disse...

Capitão,
Viajar é um exercício que vale sempre a pena ;))
Boa semana!